Alimentos de Energia Equilibrada (Yin/Yang)

Os Alimentos de Energia Equilibrada podem ser consumidos por qualquer um, eles podem complementar a lista tanto dos alimentos yin, quanto dos alimentos yang


Se o resultado do teste revelou que você tem um Estado Energético Equilibrado saiba que você pode consumir alimentos de todas as Naturezas Energéticas (yin, yang e yin/yang), mas é preciso muita cautela para não consumir demais apenas alimentos yin ou yang.

Vegetais


Abóbora, agrião, alga marinha,  aspargos, batata, batata-baroa (mandioquinha), beterraba, cará, couve-flor, endívia, ervilha, milho, moranga, nabo, repolho.


Frutas


Abacaxi, ameixa, cereja, figo, kiwi, limão, mamão, morango, nectarina, uva.

Cereais



Aveia, arroz (branco/integral),  trigo. Pão integral.

Leguminosas


Feijões (comum, azuki, rajado, mung), grão de bico,  soja.

Carnes



Caranguejo, peixe (perca, truta, salmão); frango, ovo (caipira); porco (preferir o lombo). 

Laticínios


Leite de vaca, queijo branco.


Oleaginosas


Amendoim (cru), azeite de oliva, azeitona, semente de gergelim.


Temperos


Azeite, hortelã, limão, manjericão, molho de soja, salsa, vinagre.


Outros


Mel.

Alimentos de Energia Yang

Se o resultado do teste revelou que o seu Estágio Energético é Yin, abaixo estão os alimentos mais indicados para você: os Alimentos de Energia Yang.


Vegetais
Alho, alho-poró, cebola, cebolinha, chicória,  couve-de-bruxelas, mostarda, nirá (cebolinha japonesa), pimentão (vermelho ou verde), quiabo, vagem. Shitake. Cozidas no vapor, refogadas ou semicozidas, misturadas a ervas e temperos fortes.


Frutas


Acerola,  caju, cereja, damasco, framboesa, goiaba, lichia,  pêssego, tâmara chinesa (vermelha ou preta). Frutas secas e cozidas.


Leguminosas



Feijão azuki.


Carnes



Carne bovina; leite de cabra; peru; cordeiro; camarão. 



Laticínios


Leite de cabra; Queijo branco e outros queijos.


Oleaginosas


Amendoim torrado (manteiga e óleo),  castanha, gergelim (semente e óleo), manteiga, nozes.



Temperos


Alecrim,  cardamomo, coentro, endro, noz-moscada, gengibre, louro, orégano, pimenta-do-reino, pimenta jalapeño, pimenta malagueta, salsa, sálvia,  vinagre.

Outros



Chocolate (>70% cacau), canela.

Alimentos de Energia Yin

Se você já fez o teste e descobriu que o seu Estado Energético é Yang, aqui estão os alimentos que você deve dar preferência: os Alimentos de Energia Yin.


Vegetais


Abobrinha, acelga, agrião, aipo/salsão,  alcachofra, alface (todas as variedades), batata, batata-doce, berinjela, brócolis, broto de alfafa, broto de bambu, broto de feijão (moyashi), chicória, chuchu, cenoura, couve, couve-flor, espinafre, jiló, inhame, mandioca, nabo, palmito, pepino, rúcula, repolho,   rabanete, tomate. Champignon/cogumelos. Na forma de salada (fria/crua).

Frutas

Abacate, Abacaxi, banana, caqui,  carambola,  coco (polpa, água e leite), laranja, maçã, mamão, manga, melancia, melão, pêra, ponkan, tangerina, toronja (grapefruit), uva. Frutas frescas.

Cereais

Trigo.


Leguminosas


Feijão preto, lentilha, soja (coalhada, tofu, leite, shoyu).

Carnes

Caranguejo, mariscos, mexilhão, peixes de carne branca, ostra, siri; Pato.

Laticínios

Iogurte.

Oleaginosas

Amêndoas.

Temperos

Sal.

Resultados do Teste

De 100 a 120 pontos é – Você é basicamente Yin


Indivíduos Yin tendem a ser mais calmos e algumas vezes frios, pouco emotivos e mais reservados que aqueles de perfil Yang. Seu corpo tem formas mais arredondadas, muitas vezes sua pele pode ser seca e sensível, com tendência para sulcos e rugas prematuras, quase sempre em volta dos olhos e da boca. Seu rosto e lábios estão frequentemente pálidos e é provável que sofra muito com o frio sobretudo nas mãos e nos pés, não apenas durante o inverno.


Para desenvolver o equilíbrio, sua dieta deverá conter boa quantidade de alimentos quentes e ricos em energia yang, capazes de acelerar a circulação e estimular o sistema preguiçoso. Esses alimentos não apenas lubrificarão suas articulações e órgãos internos como aumentarão a elasticidade de sua pele. Você pode consumir mais pratos quentes, temperados à moda mexicana, bahiana, chilenas, etc. Adicione canela, gengibre, alho à maioria das receitas, a fim de obter a energia yang de que necessita.


Mais de 220 pontos – Você é basicamente Yang


A palavra que define o yang, “ativo”. Em sua maioria, os tipos yang são de constituição magra e delgada, pois seu metabolismo tende a ser mais acelerado, podendo engordar e/ou emagrecer facilmente. Se você se encaixa nesse perfil é provavelmente uma pessoa de índole jovial, dinâmica, expansiva e exuberante. Não deverá envelhecer antes do tempo. Seu cabelo e pele tendem a ser oleosos, por isso é propenso à desenvolver acne.


Os chás e alimentos que consumir, bem como os preparados de ervas que aplicar na pele e no cabelo, deverão ser de natureza yin, para reduzir ou serenar sua poderosa energia yang. Procure alimentos capazes de amenizar a energia quente e umidificar todos os sistemas de seu corpo, que o nutrirá, lubrificará e tonificará sua pele, sem estimular a oleosidade. Prefira alimentos yin. O chá verde é uma ótima escolha, pois é o mais fresco de todos os chás.


De 120 a 220 pontos – Você é basicamente Yin/Yang, ou equilibrado


O fato de seu yin e yang estarem em equilíbrio hoje não significa que estarão assim amanhã! Portanto, seu compromisso com a beleza e o bem estar consiste em preservar esse equilíbrio. O indivíduo de perfil yin/yang geralmente é controlado, atento e saudável. Seu tipo físico não deve ser nem magro nem gordo, e sua pele, nem seca nem oleosa. Se você mantiver esse estado harmonioso do seu corpo, conseguirá, manter um elevado nível de bem-estar, saúde e beleza. 
Precisará nutrir o corpo com alimentos adequados, e umedecer, tonificar e limpar a pele com tratamentos tópicos apropriados. Ingira todos os tipos de alimento. Mas convém consumir quantidades iguais de cada grupo alimentar (yin, yang e yin/yang) para ficar sempre em forma.


E no próximo post irei listar os alimentos conforme a energia yin, yang e yin/yang.

Um Teste Rápido para identificar o seu Estado Energético

Se você leu o post “Raízes na Cultura Chinesa” deve se lembrar de quando expliquei de modo geral sobre as forças Yin, Yang e o equilíbrio entre elas (Yin/Yang). Essas forças agem sobre todos os elementos do universo inclusive sobre nós, portanto ao identificar em qual desses estágios você está (mais Yin, mais Yang, ou até mesmo em equilíbrio), ficará mais fácil fazer as opções certas para atingir o equilíbrio ou mantê-lo. 

O estado energético é determinado a partir de várias características: idade, metabolismo, apetite, aspectos estruturais como pele, cabelo, unhas, hábitos, doenças, sinais, sintomas, dentre inúmeras outras.

Para não deixá-lo curioso e poder ter uma noção do seu estado energético atual, resolvi desta vez postar um dos inúmeros questionários já elaborados e documentados na literatura que são utilizados para identificar se o indivíduo é Yin, Yang ou Equilibrado.

Você deverá escolher a alternativa mais apropriada a cada um dos itens e ao final é só somar os pontos.

Minha idade é: 

  • 13 a 25 anos (15 pontos)
  • 26 a 45 anos (10 pontos)
  • 46 ou mais (5 pontos)

Meu padrão de perda/ganho de peso pode ser melhor descrito como:

  • Posso comer de tudo sem ganhar nenhum quilo (15 pontos)
  • Perco ou ganho, porém não mais de um quilo e meio ou dois quilos por mês (10 pontos)
  • Ganho peso com a maior facilidade (5 pontos)

Meu apetite é: 

  • Voraz (15 pontos)
  • Moderado (10 pontos)
  • Leve (5 pontos)

Minha pele – especialmente a do rosto – parece brilhante ou oleosa:

  • Frequentemente (15 pontos)
  • Só na “zona T”, ao redor da testa e do nariz (10 pontos)
  • Raramente (5 pontos)
  • Tende a ser seca (0 pontos)

Meu rosto apresenta ressecamento:

  • Frequentemente (15 pontos)
  • Ocasionalmente (10 pontos)
  • Raramente ou nunca (5 pontos)

Tenho cravos:

  • Muitos (15 pontos)
  • Poucos (10 pontos)
  • Nenhum (5 pontos)

Tenho espinhas:

  • Muitas (15 pontos)
  • Poucas (10 pontos)
  • Nenhuma (5 pontos)

Tenho olheiras:

  • Raramente ou nunca (15 pontos)
  • Ocasionalmente, em crises de alergia ou quando estou muito cansada (10 pontos)
  • Sim, por herança familiar (10 pontos)
  • Frequentemente (5 pontos)

Tenho rugas:

  • Nenhuma (15 pontos)
  • Somente em volta dos olhos (10 pontos)
  • Em volta da boca ou na testa (10 pontos)
  • Em volta dos olhos, boca e na testa (5 pontos)

Meus poros são:

  • Largos, dilatados (15 pontos)
  • De tamanho médio (10 pontos)
  • Pequenos (5 pontos)

A textura da minha pele é:

  • Áspera (15 pontos)
  • Média (10 pontos)
  • Macia (5 pontos)

Tenho placas secas e escamosas na pele:

  • Nunca (15 pontos)
  • Ocasionalmente (10 pontos)
  • Frequentemente (5 pontos)

Fumo cigarros e deveria ser considerado(a):

  • Fumante inveterado(a) – um maço ou mais por dia (15 pontos)
  • Fumante moderado(a) – menos de um maço por dia (10 pontos)
  • Fumante ocasional/não fumante (5 pontos)

Tomo bebidas alcoólicas:

  • Uma dose ou mais por dia, quase todos os dias (15 pontos)
  • De três a cinco doses por semana (10 pontos)
  • Ocasionalmente/nunca (5 pontos)

Meu cabelo é:

  • Grosso e liso (15 pontos)
  • Grosso e ondulado (15 pontos)
  • Moderadamente fino (10 pontos)
  • Fino (5 pontos)

Minha perda diária de cabelo é:

  • Diminuta (15 pontos)
  • Normal – Perco de 80 a 100 fios por dia, que ficam presos na escova, mas não em quantidade alarmante (10 pontos)
  • Grande – tiro punhados quando lavo o cabelo ou passo os dedos por ele (5 pontos)

Meu cabelo e couro cabeludo são:

  • Oleosos (15 pontos)
  • Normais (10 pontos)
  • Secos (5 pontos)

Minhas unhas são:

  • Rosadas (15 pontos)
  • Esbranquiçadas (5 pontos)

A superfície de minhas unhas é:

  • Lisa (15 pontos)
  • Áspera (5 pontos)

Tenho inflamação de garganta:

  • Frequentemente (15 pontos)
  • Uma ou duas vezes por ano (10 pontos)
  • Nunca (5 pontos)

Quanto deu a somatória dos seus pontos?


O tema abordado não substitui recomendações nutricionais efetuadas por profissional capacitado. Consulte sempre seu nutricionista.

Fonte: Lee, H. O Tao da Beleza. São Paulo: Cultrix. 1999.

Raízes na Cultura Chinesa

Eu achei que não poderia postar qualquer coisa antes de esclarecer sobre Dietoterapia Chinesa.

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC) há o conceito de que todos os seres vivos possuem uma Energia Vital (Qi) que é responsável pelo nosso equilíbrio (orgânico, emocional). Essa Energia é influenciada por duas forças opostas: o Yin e o Yang.

Yin e Yang representam duas forças do universo que ocorrem simultaneamente como pólos complementares da natureza em busca do equilíbrio (o Tao). O yin representa o feminino (aspecto maternal), caracterizado por pouca atividade, o que remete ao frio, repouso, escuridão, retração, impulsão. O yang representa o masculino (aspecto paternal), caracterizado por muita atividade como o calor, movimento, claridade, força, expansão, explosão. Esse equilíbrio yin-yang representa ao mesmo tempo as relações climáticas, geográficas, físicas, químicas, biológicas e energéticas. Sendo assim na MTC, qualquer doença é um estado de desequilíbrio.

E é a partir daqui que eu entro na história! Depois de ter identificado o estágio energético do paciente é a hora de prescrever o cardapio ideal.

A Dietoterapia Chinesa considera a interação homem-alimento de acordo com as interações bioquímicas e energéticas. O sabor de cada alimento (ácido, amargo, doce, picante e salgado) reflete a ação que ele exerce em cada órgão. Por exemplo, o sabor doce tonifica e ajuda nas funções do pâncreas. Mas se consumido em excesso, pode levar a um quadro diabético. Outro fator considerado é a natureza energética dos alimentos (quente, morno, neutro, fresco e frio), que refere às suas propriedades básicas e não necessariamente à temperatura em que eles são servidos. Uma xícara de chá de hortelã é classificada como bebida de energia fria, ainda que seja servida fumegante. Isso se dá porque a hortelã refresca qualquer tecido com o qual entra em contato. A designação de “fria” refere-se apenas à energia própria da planta, não à temperatura em que está.

E esse foi um breve resumo de como ao conhecer a energia dos alimentos ingeridos e o modo como essa energia afeta o bem-estar, é possível encontrar o equilíbrio, aumentando nossa vitalidade.