O que tem de bom na maçã e na banana?⁣

Quer versatilidade, praticidade, gostosura e nutrição? Nelas você encontra! 👇👇👇 Dá uma olhada aqui.⁣

🍌 Da banana a gente pode ter uma massa base de bolo, ela faz a vez do ovo, além de adoçar, também combina super na farofa salgada, na forma de purê, grelhada com um queijo coalho, no prato com arroz e feijão, congela já descascada e depois bate até virar creme e tá feito um sorvete, além de saciar aquela fominha que pode surgir a tarde ou até mesmo para dar energia para um treino/ exercício de até 60 minutos.⁣

🔸 E como vocês adoram saber dos benefícios, a banana tem ação antioxidante, antiinflamatória, antidiarréica, antidislipidémico, calmante e imunoestimulante. ⁣

📆 Apesar de termos bananas o ano todo, a época vai de agosto a dezembro.⁣

🍎 E a maçã não perde em nada para a banana podendo também servir de substituto do ovo (quando na forma de purê) em receitas de bolo, para adoçar bebidas e geleias, no meio de uma saladona colorida, no frango ao curry, como acompanhamento de carne suína, e vai bem quando ainda falta uma horinha pro almoço ou jantar ficar pronto e a fome já está ficando gigante. ⁣

🔸 A maçã tem ação antioxidante, digestiva, calmante, vermífuga, diurética, antiinflamatória, anticarcinogênica e laxativa. E quando SEM a casca torna-se obstipante (prende o intestino). ⁣

📆 Também temos maçãs o ano todo, mas a época vai de agosto a maio.

Minhas preferidas são a 🍌banana prata e a 🍏maçã verde. Como a banana antes da corrida de manhã e a maçã verde no frango ao curry. Agora me conta de você? ⁣

Também compartilha se você gostou e foi útil! 😉⁣

Beijos da Nutri 💜

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

email: giseli@anutricaotem.com.br

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

As 3 possíveis soluções para o seu “vício” por doces!⁣

Quando a gente investiga e age na causa, fica muito mais fácil não cair de cara no açúcar. Então vamos lá:⁣⁣
⁣⁣
1️⃣ Corrigir carências de nutrientes aumentando a variedade do que você come, priorizando cores variadas de alimentos com o mínimo possível de alimentos industrializados. ⁣

Mas se você já faz isso, então está faltando rastrear sinais, sintomas e exames bioquímicos com acompanhamento Nutricional para fazer a reposição necessária. Estou aqui pra isso! 😉⁣⁣
⁣⁣
2️⃣ Quanto mais doce a gente come, mais doce queremos! Parece que o paladar vai ficando “viciado”, não é? ⁣

O jeito é reduzir gradualmente o açúcar adicionado, e se permitir saborear também o amargo e o ácido. Ex: retirar o açúcar do café e insistir até se acostumar. ⁣⁣
⁣⁣
Outros alimentos amargos são: chás verde, preto e mate, além de agrião, rúcula, almeirão, escarola, jiló, etc. ⁣⁣
⁣⁣
E dentre os ácidos estão o limão, laranja, abacaxi, ameixa fresca, etc. ⁣⁣
⁣⁣
As células da língua, onde sentimos os sabores, se renovam em poucos dias então confie você irá se adaptar.⁣⁣
⁣⁣
Não vale trocar o açúcar por adoçante, porque o sabor continua sendo doce!⁣⁣
⁣⁣
3️⃣ E não dá para ignorar que um docinho às vezes serve como carinho, agrado, distração. Ou seja, supre uma carência emocional. Se isso acontece as vezes, ok! ⁣

Mas se todos os dias o motivo de você comer o docinho sempre no mesmo horário (ou “o tempo todo”) for esse, é preciso tratar essa emoção de outra forma.⁣⁣
⁣⁣
Te ajudei com esse post? Então aproveita e compartilha com alguém que também pode se beneficiar! 💜⁣⁣
⁣⁣
Beijos da Nutri 😘

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

email: giseli@anutricaotem.com.br

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

Atenção: fruta não engorda!

Muita gente nunca teve o hábito de comer frutas ou acabou perdendo por não dar importância ou por achar “complicado” (escolher, comprar, lavar, descascar, etc).⁣

Mas confesso que dói mais na minha alma ouvir “não como porque fruta engorda”. Já passou da hora de superar esse mito e essa forma de classificar os alimentos, meus amores!⁣

Listei 21 tipos que estão na época, ou seja mais saborosas e mais nutritivas, e seus benefícios para te dar uma ajudinha nessa escolha:⁣

ABACAXI – digestivo, diurético, expectorante, vermífugo, imunoestimulante.⁣

MAMÃO – digestivo, calmante, laxativo, anti-inflamatório, imunoestimulante, diurético, vermífugo.⁣

MELANCIA – laxativo, depurativo, anticarcinogênico, diurético.⁣

LIMÃO – antibacteriano, antiinflamatório, imunoestimulante.⁣

LARANJA – laxativa, digestiva, calmante, imunoestimulante.⁣

COCO – vermífugo, calmante, laxativo, antiinflamatório, antitussígeno.⁣

MELÃO – antiinflamatório, laxativo, calmante, expectorante, vermífugo, anticoagulante.⁣

AÇAÍ – antiinflamatório, energético, vermífugo, imunoestimulante, anticarcinogênico.⁣

FIGO – diurético, antiinflamatório, laxativo, hipocolesterolêmico, expectorante.⁣

PITAYA – digestivo, hipotensor, diurético, anticarcinogênico, antidislipidêmico, laxativo.⁣

LICHIA – antiinflamatório, anticarcinogênico, antitérmico, antitussígeno.⁣

AMORA PRETA – antiinflamatório, antidiarreico, anticarcinogênico, digestivo.⁣

MARACUJÁ – antiespasmódico, sedativo, diurético, antiinflamatório, antitérmico, vermífugo.⁣

AMEIXA – diurético, laxativo, expectorante, imunoestimulante, antiinflamatório.⁣

MIRTILO/ BLUEBERRY – imunoestimulante, laxativo.⁣

UVA – anticarcinogénico, diurético, antibacteriano, antiviral, laxativo, anticoagulante.⁣

JACA – antitussígeno, expectorante, laxativo.⁣

CARAMBOLA – antiinflamatório, antidiarreico, imunoestimulante.⁣

CAJU – diurético, antiinflamatório, expectorante, antidiarreico, vermífugo.⁣

GRAVIOLA – diurético, antiinflamatório, antitussígeno, anti reumático, antiespasmódico, anticarcinogênico.⁣

MANGOSTIN – antiinflamatório, anti carcinogênico, antibacteriano.⁣

PS: Todas são antioxidantes.⁣

Lembrem-se: frutas são nutritivas e por isso fazem seu corpo funcionar melhor. Emagrecer ou engordar, depende de muitos outros fatores, dentre eles está a quantidade de todas e quaisquer comidas que comemos diariamente.

Então capriche na variedade das frutas e respeite sua fome e saciedade.

Beijos da Nutri 💜

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

email: giseli@anutricaotem.com.br

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

Check List Para Uma Alimentação Saudável

Comer de maneira mais saudável está entre as suas resoluções de ano novo?

Foi pensando nisso que separei 6 aspectos fundamentais nesse processo:

1 😊 Coma devagar, você gosta tanto de comer, não tem porque ter pressa. O momento da refeição é seu, é cuidado e é prazer. Desfrute!⁣

2 😁 Mastigue, faça uso dos seus dentes! Quanto mais você mastiga, mais você consegue também perceber os sabores, além de favorecer a sua digestão para que você reduza aqueles desconfortos como azia, refluxo e dor. ⁣

3 🧐 Use e abuse da sua curiosidade para experimentar novos alimentos e novas receitas! Não tenha medo de cozinhar. Comece pelo básico, mas comece. Nem que seja uma vez na semana, um ovo cozido ou uma bela massa.⁣

4 😍 Não se proíba de comer nenhum alimento. Isso mesmo: permita-se comer! A não ser que você tenha uma razão clínica e orientação para tal restrição.⁣

5 😉 Tire o foco da balança. Focar no número que ela mostra, tira a possibilidade de focar no que está se passando dentro de você. Seu corpo fala com você o tempo todo, aprenda a ouvi-lo e atendê-lo!⁣

6 🤗 Peça ajuda! Quem te ajuda na melhoria dos seus hábitos alimentares é o Nutricionista, com empatia e interesse genuíno em te ouvir e te guiar, em vez de te repreender.

Aproveite e compartilhe esse post com quem você ama!

Beijos da Nutri 💜

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

email: giseli@anutricaotem.com.br

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

Não consigo comer menos. Gosto muito de comer!

Se você já se deu conta disso e acha que é impossível melhorar sua alimentação, calma!

Comer é bom demais mesmo e é importante que seja assim (gostoso e prazeroso), afinal todos nós precisamos comer para viver. .

Esqueça esse papo de que comida saudável não é gostosa! Existem infinitas possibilidades de preparar e combinar os alimentos que fazem o saudável também ser gostoso.

O segredo é se livrar dos preconceitos que você tem hoje com todos os alimentos e passar a vê-los como neutros. Isso mesmo: NEM SAUDÁVEL NEM VILÃO. Procure receitas (ou pratos em restaurantes) que lhe pareçam apetitosas e que tenham pelo menos um ingrediente que esteja na sua lista dos “saudáveis e não gostosos”.

Ah! E você não precisa riscar da sua vida o que tanto gosta. Da próxima vez que comer, para não exagerar, que tal comer de forma diferente, com mais CURIOSIDADE e SEM JULGAMENTOS (se faz bem ou mal):

  1. Olhe para o que tem no seu prato;
  2. Sinta os aromas;
  3. Corte um pedaço;
  4. Coloque na boca;
  5. Sinta a temperatura, o sabor, a textura, se faz algum barulho enquanto mastiga, se está tão gostoso quanto você imaginou;
  6. Mastigue devagar.
  7. Depois que engolir e a boca estiver vazia novamente, coloque a próxima garfada na boca e repita o processo.
  8. Coma até perceber a sua saciedade, sem estufamento e desconforto.

Aposto que se sobrar comida você poderá levar para comer em outra refeição. E se não puder, paciência, respeite a sua saciedade, você já obteve prazer em comer aquilo e comeu o suficiente. Porque e sentir empanturrada(o) só irá atrapalhar seu bem estar e seu objetivo de corpo e saúde.

Estou a disposição para te ajudar.

Giseli Reis
Nutricionista

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

email: giseli@anutricaotem.com.br

Consultório: R. Carlos Petit, 199 Vila Mariana

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

Sim, você pode continuar tendo vida social!

É muito comum a crença de que para ser saudável é necessário abdicar de tudo o que se gosta de comer, beber ou fazer e na maioria das vezes a principal queixa é em relação a vida social que pode envolver eventos diversos como happy hour, restaurante “diferente”, churrasco, festa, almoço de domingo em família… .

Claro que dependendo da frequência que você tiver esses eventos e do exagero, o seu objetivo de saúde e corpo será comprometido. .

O que quero deixar claro aqui é que existe um ponto de equilíbrio, afinal você tem todos os outros dias da semana (do ano, da vida!!!) para ter hábitos melhores e não estou falando aqui em compensação que é quando a pessoa vai de um extremo a outro: jaca 100% em 100% dos eventos depois nos demais dias se priva de tudo no desespero para compensar os danos causados. Seja REALISTA e RESPONSÁVEL com seus hábitos.

Que tal começar pelo básico, pelos hábitos simples que você já sabe que são importantes, mas que não tem priorizado no seu dia-a-dia como: beber mais água, comer frutas e vegetais todos os dias, reduzir carne vermelha, frituras e industrializados…

Enfim, o que você pode fazer para cuidar mais de si , a partir de hoje e por todos os dias?

E aproveite a vida, mas aproveite com qualidade de vida!

Estou a disposição para te ajudar.

Giseli Reis
Nutricionista

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

email: giseli@anutricaotem.com.br

Consultório: R. Carlos Petit, 199 Vila Mariana

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

 

Você se pesa todos os dias?

Se você se pesa todos os dias e já percebeu que sua motivação varia igualzinho ao número na balança, então sugiro que você leia esse post até o final.

Eu recomendo que você PARE de se pesar todos os dias, simplesmente porque:

  • O peso corporal de nenhum ser humano vivo é estático.
  • Seu peso oscila dessa forma graças a variação de água corporal (40 a 65% do seu peso pode ser água, essa é a média que eu vejo no consultório).
  • Sua água corporal sofre variações diariamente por causa da ação dos hormônios que gerenciam todas as funções do seu corpo dentre elas reter ou eliminar líquidos em resposta a um ou mais dos seguintes fatores, como: o que se come e bebe, condições climáticas (frio ou calor), estresse, TPM, gestação, etc.
  • Ninguém ganha ou perde quilos de gordura de um dia para o outro. Mas é bem mais possível ganhar ou perder quilos de LÍQUIDOS nesse curto prazo, que é o que acontece com estratégias/ dietas restritivas para “emagrecer” rapidamente e isso geralmente é consequência de desidratação e sinto muito te informar: perder peso dessa forma não é emagrecer.

Agora imagine se não existisse balança, fita métrica ou qualquer forma de medir o corpo, qual referência você usaria?

Estou a disposição para te ajudar.

Giseli Reis
Nutricionista

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

email: giseli@anutricaotem.com.br

Consultório: R. Carlos Petit, 199 Vila Mariana

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

 

Você tem compulsão alimentar?

Quanto mais as pessoas têm se restringido, mais esse comportamento disfuncional aparece. Compulsão pode ser confundida com exagero, mas se qualquer exagero for tido como algo errado, que dê para a pessoa uma sensação de descontrole e seja motivo de vergonha, isso requer atenção, porque pode ser aí que o ciclo compulsivo começa.

pexels-photo-921775

É tanta necessidade de “foco, força e fé” na dieta que qualquer “jacada” faz com que o sentimento de fracasso venha à tona! Se você busca saúde e um peso saudável, fazer restrições alimentares baseadas no que você lê ou escuta por aí, não é o melhor caminho. A neurose não é o caminho, se desconectar da sua fome e da sua saciedade, enganá-las, ignorá-las, definitivamente: não é o caminho para o perder peso de maneira saudável.

Vou usar a analogia da respiração para explicar como o nosso corpo reage em momentos de escassez e fome: prenda a sua respiração, é provável que um minuto depois você não consiga mais suportar e volte a respirar para obviamente continuar vivendo! É da mesma forma que a compulsão alimentar pode aparecer depois de um período de dieta restritiva, no qual você teve que ignorar sua fome e sua saciedade em prol de comer o mínimo possível para perder peso o mais rápido possível.

Esse comportamento compulsivo não é banal. Compulsão alimentar requer atenção e tratamento que em NENHUMA hipótese deve ser buscar uma nova dieta ou cortar da sua vida o tal alimento gatilho.

Pense nisso. Estou a disposição para te ajudar!

Giseli Reis
Nutricionista

Agendamento de consultas – Whatsapp: (11) 98533-3188

 email: giseli@anutricaotem.com.br

Consultório: R. Carlos Petit, 199 Vila Mariana

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

Comi “a mais” e isso se repetiu mais do que “deveria”

E dai? Está tudo bem, isso acontece com todo mundo!

E eu quero por meio desse post te ajudar a não cair na armadilha da culpa e da punição.

 

pexels-photo-305530
Tudo muda quando descomplicamos o nosso relacionamento com a comida e nos tratamos com mais amor e gentileza.

O que fazer então?

1) Reflita:

Pense no momento que antecedeu esse episódio de “exagero” (“deslize”, “jacada”, “furo” etc…acho que nem sei todos os nomes), como você estava se sentindo, qual era a sua real necessidade e você pode acabar se dando conta de que a última coisa que queria ou precisava naquele momento era comer. Pode ser que você descubra que estava precisando chorar, gritar, dormir, desabafar, ficar só, respirar fundo, ou falar com alguém ou simplesmente beber água.

E em hipótese alguma (de jeito nenhum, never, nunca, jamás) considere medidas compensatórias, porque essa é a armadilha mais disfarçada de estratégia inteligente que existe, além disso poder facilmente gerar um círculo vicioso de “falhar”, “se culpar” e “se punir”.

2) Siga seu dia:

Isso mesmo: simplesmente siga seu dia, toque o barco.

O momento da próxima refeição virá por você estar com fome:

  • Já passou algum tempo desde a última refeição
  • Sensação de estômago vazio (possivelmente roncando)
  • Energia vai diminuindo
  • Raciocínio vai ficando lento
  • Humor pode ir alterando
  • Essas sensações tendem a aumentar, mesmo que você se distraia, essa fome que é física (e não emocional) não passa

E o que você poderá fazer é lembrar de comer com calma, fazendo boas escolhas de alimentos que te tragam bem estar e energia, comer cada pedaço/ garfada apreciando, olhando, sentindo o cheiro, o sabor, a textura, o barulho e parar quando estiver satisfeito, não por estar se sentindo empanturrado, mas por estar tão conectado com os sinais (sensações) do seu corpo que o momento de parar de comer torna-se nítido.

Isso requer treino, tempo e é absolutamente possível!

Tudo muda quando descomplicamos o nosso relacionamento com a comida e nos tratamos com mais amor e gentileza.

Agendamento de consultas – Fone: (11) 98533-3188 – email: giseli@anutricaotem.com.br

Consultório: R. Carlos Petit, 199 Vila Mariana

Redes sociais:

http://www.instagram.com/nutricionistagiselireis

http://www.facebook.com/nutricionistagiselireis

http://www.anutricaotem.com.br